Tratamento para Osteoporose

Qual a relação entre osteoporose e oncologia?

A osteoporose é uma doença que acomete os ossos e causa uma diminuição de sua densidade óssea, em outras palavras, da dureza dos ossos, tornando assim os ossos mais fracos e mais propensos a fraturas. A doença está muito relacionada com o envelhecimento, mas também com diversas condições, como uso crônico de corticoides, menopausa, uso de quimioterápicos, de bloqueadores hormonais para tratamento do câncer de próstata e de mama, entre outras doenças.

Como os pacientes em tratamento do câncer fazem uso de diversos medicamentos que interferem na densidade óssea e geralmente são idosos, temos muitos pacientes com osteoporose. Pensando no bem-estar, qualidade de vida e em simplificar a vida destes dos nossos pacientes, A Care Oncologia passou a trata-los para osteoporose e devido a nossa experiencia acumulada, optamos por atender também os pacientes que não tem diagnóstico de câncer.

Por que devemos nos atentar à osteoporose?

A osteoporose acomete um grande número de pessoas e a sua presença pode levar a fraturas espontâneas, tornando-se fonte de dores ósseas crônicas. Em decorrência destas fraturas, pode ser necessário uma intervenção cirúrgica que nem sempre é simples e nunca desejável, principalmente na população idosa, os principais acometidos pela doença e as principais vitimas das fraturas espontâneas. A questão da cirurgia é tão complicada que no caso da fratura do colo de fêmur, cerca de 25% das vitimas acabam morrendo dentro de 2 anos e menos da metade dos pacientes (43%) voltam a caminhar nos mesmos níveis que antes da fratura. O impacto de uma fratura por osteoporose na qualidade de vida é enorme.

Como tratar a osteoporose?

O tratamento da osteoporose deve sempre ser individualizado e medidas como atividade física, exposição ao sol, reposição de cálcio e vitamina D são complementares aos medicamentos utilizados para reduzir a reabsorção óssea. Estes medicamentos estão disponíveis na forma de comprimidos e mais recentemente na forma injetável. Os tratamentos possibilitam o aumento da massa óssea e diminuem as chances de fratura. Os medicamentos injetáveis de nova geração apresentam início de ação e potência maior que os medicamentos orais, atingindo os objetivos terapêuticos mais rápido, que seriam a prevenção de uma fratura óssea.

A quantidade de medicamentos ou de injeções é definida após uma avaliação cuidadosa. É fundamental fazer a avaliação individual para entender qual ou quais tratamentos trará o melhor resultado.

Outras recomendações que contribuem para o sucesso do tratamento da osteoporose são:

  • Realizar atividades físicas periodicamente;
  • Evitar a ingestão de bebida alcoólica;
  • Eliminar o tabagismo;
  • Reduzir a ingestão de café e refrigerantes;
  • Redobrar a atenção e adaptar a casa para não sofrer acidentes domésticos e quedas.

Como diagnosticar a osteoporose?

A realização da densitometria a partir do início da menopausa é uma ótima maneira de identificar a osteoporose com antecedência e aumentar as chances de sucesso do tratamento. Alguns pacientes acabam tendo o diagnóstico através de uma fratura, mesmo assim, é recomendado realizar o tratamento para prevenir outras fraturas.

A clínica Care Oncologia oferece o tratamento adequada a cada caso. Para saber mais sobre o procedimento, entre em contato e agende uma consulta.

Fale
Conosco
Seta direita

Escolha uma
Unidade